Clássicos de ontem e de amanhã


Nas suas primeiras décadas de vida o cinema era repleto de "Glamour", divas e deuses. Os astros tinham uma aura dourada, especialmente nos elegantes anos 50 e 60 e marcas disso sobrevivem até os dias atuais e são copiadas por meros mortais: O louro platinado; o corte chanel; os vestidos de cintura super marcada e caimento volumoso; cabelos bem presos em penteados elegantes, homens em ternos com fino acabamento e corte perfeitos, enfim, um estilo que denominamos Clássico e que persevera como marca de bom gosto.Ser clássico era muito mais que vestir boas roupas; exigia postura; era estilo não só de vestir, mas estilo de vida.
Hoje vemos esses tempos com uma certa magia, esses estilos são heranças deixadas por personagens que serão sempre lembrados, pois entraram para a história do cinema. São eternos e imbatíveis...
Apesar do comportamento dos atuais astros do cinema (diga-se: atuação virou papel  secundário, pois  a palavra de ordem é enfiar o pé em todas as jacas que aparecerem) ainda podemos garimpar quem nos remeta aos anos dourados, tanto pelo talento e discrição que adotam, quanto pelo estilo.

Eles marcaram por personagens que  foram eternizados, ou que serão os clássicos de amanhã, e por que cada vez que essas pessoas aparecem no tapete vermelho nos fazem lembrar os classudos da época de ouro, é muito bonito de se ver.

                                              Amanhã  as pessoas os lembrarão não da mesma forma, mas com o mesmo sentimento  com que  lembro os clássicos de ontem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Programa para Publicitário

The Crazy Ones

Vencedores do Oscar 2014